Category Archives: internacional

E quando parecia que finalmente me ia interessar pelo Parlamento Europeu…

vem a mulher do sempiterno Berlusconi e coloca tudo como antes.

Espanta-me como este verme ainda é vivo.

1 Comentário

Filed under igor marques, internacional, mafiosos

100 dias do novo administrador do regime de Washington

Sobre este assunto, que pouco me diz, li um interessante texto de um indivíduo de Direita (escriba no blogue reaccionário 31 da Armada), e que me mereceu a atenção.

Apesar da evidente defesa do Bush filho, o artigo foca um aspecto muito interessante e que eu, em conversas privadas, já tinha referido: a protecção das empresas de comunicação Mundiais ao sucessor do criminoso internacional e a diferença de tratamento entre um e outro.

Esta atitude é o reflexo de uma jogada de mestre por parte do Imperialismo: com os povos Mundiais, e o próprio povo Estado-Unidense, fartos de Bush e dos EUA, nada melhor que dar-lhes uma imagem de “mudança” para recolocar Washington nas boas graças do Globo. Este “fenómeno Obama” é de longe a maior e mais arrojada jogada de marketing da política Mundial no passado recente e vai ser decisivo para a política Internacional no futuro próximo.

Ainda sobre esta matéria, façam o favor de ver este documentário que, apesar de algumas evidentes limitações, me parece positivo e bom ponto de partida para a compreensão daquilo que será a política desta administração do Império nos próximos tempos.

Por último, um dos momentos mais curiosos destes “100 dias” foi a oferta de um livro, mais ou menos desconhecido, por parte de Chávez a Obama. Trata-se de “As Veias Abertas da América Latina” de Eduardo Galeano, um livro publicado há quase 40 anos (1970) mas que se mantém totalmente actual. Em Portugal só foi editado em 1998, através das Edições Dinossauro. É de leitura obrigatória e podem fazê-lo, gratuitamente, aqui.

1 Comentário

Filed under igor marques, imperialismo, internacional

Esquizofrenia

Através do blogue Agitação fico a saber que na Polónia se vive num absurdo estado colectivo de esquizofrenia traumática. Depois de quererem banir a imagem do Lenine e do Che Guevara, põe-se agora a hipótese do músico Lenine ser proibido de actuar naquele país.

Que a Polónia é um dos países onde muito dificilmente colocarei um dia os meus pés, era uma certeza há muito adquirida. Mas nunca pensei que ainda continuassem com estas paranóias neo-McCarthystas de autêntica perseguição política a quem quer que se aproxime do Comunismo.

Compreendo que um povo, que de tão Católico fez da Polónia um segundo Vaticano ,tenha muitos pruridos. Viver 40 anos sobre um regime opressivo, falsamente designado de “Socialista” e completa marioneta do Imperialismo Soviético é uma experiência histórica bastante má e que os  Polacos, com razão, não querem repetir. Porém, e passados 20 anos da recuperação do Capitalismo liberal e do poder da hierarquia padresca no país, estes ataques ao Comunismo são preocupantes e não devem ser tolerados. Não se trata de purgar a História recente. Trata-se de calar toda uma classe aos interesses da burguesia e da ideologia dominante.

Este caso, e todos os outros, trazem ainda uma outra questão. Como membro da UE, a Polónia é um país tido como “democrático”. Ora, e como diz o outro, mas que raio de democracia é esta?

ADENDA: o autor do post original no blogue Agitação chamou a atenção para a verdade dos factos e para a confusão que pode ser feita ao ler-se o post da sua autoria. Leiam então a caixa de comentários e o post dele no seu blogue para mais esclarecimentos.

3 comentários

Filed under igor marques, internacional, nazi-fascismo, Uncategorized

A pandemia dos porcos…

…é bem capaz de ser uma arma biológica da “Al-Qaeda”. Nem sei como é que o Donald Rumsfeld ainda não se lembrou dessa.

(para quem não sabe o Donald Rumsfeld, ex-Secretário da Defesa do Bush, é o ex-dono e um dos principais accionistas da Gilhead Sciences Inc.,  empresa que desenvolveu e detém a patente do Tamiflu, medicamento usado para combater a “gripe das aves” e que agora poderá ser testado para esta “gripe dos porcos”).

Deixe um comentário

Filed under capitalismo, igor marques, imperialismo, internacional, terrorismo

Esquizofrenia

Bem vindo, Barack Obama, à Europa! Espero que ajude os dirigentes europeus a renunciarem ao neoliberalismo. É uma nova era que começa.

– Mário Soares (Visão, via Público)

1 Comentário

Filed under coisas sem categoria, internacional, youri

Ó homem, cala-te!

Neste momento, apraz-me recuar com o pensamento quinhentos anos atrás, ou seja, aos anos 1506 e sucessivos, quando nestas terras, então visitadas pelos portugueses, se levantou o primeiro reino cristão subsaariano, graças à fé e determinação do rei Dom Afonso I Mbemba-a-Nzinga,; o reino permaneceu oficialmente católico nos séculos XVI a XVIII e com embaixador em Roma. Vedes como duas etnias muito diferentes – Banta e Lusíada – puderam encontrar na religião cristã uma plataforma de entendimento, esforçando-se por que esse entendimento perdurasse e as divergências – que as houve, e graves – não afastassem os dois reinos. Hoje cabe a vós, irmãos e irmãs, na senda destes heróicos e santos mensageiros de Deus, oferecer Cristo ressuscitado aos vossos compatriotas”. – Papa Bento XVI

É isto e não usem preservativo, que a culpa é dos portugueses.

Os bispos destacaram o reforço de esperança que o Papa veio trazer a Angola, o coração imenso que tem o povo angolano, carregado de fé, e a frase que Bento XVI disse ao chegar ao país: “Eu sou angolano”.

É como quem diz: Se os portugueses já não vão evangelizar os angolanos, eu trato do assunto.

1 Comentário

Filed under internacional, padres, youri

Nacional-Socialismo Sionista

A nomeação do Liberman para “Ministro dos Negócios Estrangeiros”  do Estado-pária Nazi-Sionista é um momento digno de nota. É impressionante o tom provocatório que a classe dirigente do pseudo-país instalado na Palestina toma, com o consentimento da “comunidade internacional”, prostrada ante tal aberração política que é o pseudo-Estado dito “de Israel”.

1 Comentário

Filed under igor marques, internacional, nazi-sionismo